XVII Congresso Brasileiro de Aterosclerose

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

MIXOMA CARDIACO EM PACIENTE MASCULINO DE 49 ANOS: relato de caso

Resumo

INTRODUÇÃO: O mixoma cardíaco é um tumor primário do coração, raro, de etiologia desconhecida. É o mais comum dos tumores cardíacos primitivos diagnosticados em adultos. Caracteriza-se por uma proliferação anormal das células mesenquimais multipotenciais subendocárdicas comprometendo a via de entrada de um ou de ambos os ventrículos. OBJETIVOS: Considerando a importância da patologia, esse trabalho visa relatar um caso da patologia em paciente masculino de 49 anos. METODOLOGIA: Tal trabalho trata-se de um relato de caso realizado por meio de prontuário médico e revisão em bases de dados de relevância científica.  RESULTADOS: L.F.S, 49 anos, masculino, deu entrada no PS relatando início súbito de cefaleia há 6 dias, associado a parestesia de membro superior esquerdo e turvamento visual. Nos antecedentes pessoais relatou ser usuário de maconha e tabagista de 1 maço/dia há 35 anos, tendo nos antecedentes familiares pai falecido por AVC. Ao exame físico apresentava-se em bom estado geral. O exame neurológico indicou pupilas não fotorreagentes, paresia e tremores de extremidade de membro superior esquerdo. Sem cefaleia e sem desvio de rima. TC de crânio indicando região hipodensa parieto-occipital à direita. Solicitados sorologia para sífilis, líquor para neurosífilis, doppler de artérias carótidas e vertebrais e ecocardiograma. Exames confirmaram neurosífilis e ecocardiograma revelou a presença de imagem ovalada, medindo 31 x 27 mm, heterogênea, localizada no teto do átrio esquerdo e septo interatrial, com bordas irregulares e pouca mobilidade, não interferindo no funcionamento da valva mitral, indicando a presença de um mixoma cardíaco. O paciente foi tratado para neurosífilis, acidente vascular cerebral isquêmico e encaminhado de forma eletiva para abordagem cirúrgica e remoção do mixoma cardíaco. DISCUSSÃO E CONCLUSÃO: Eventos embólicos são encontrados em 30-45% dos pacientes com mixoma cardíaco, causados por fragmentação tecidual, descolamento do tumor ou êmbolos. As manifestações clínicas podem ser variadas, no entanto os sintomas mais comuns são dispneia, insuficiência cardíaca, edema agudo de pulmão e síncope. Outros sintomas podem ser devidos a êmbolos com predileção pelo cérebro, artérias da retina, artérias coronárias, circulação esplênica ou membros inferiores que podem ser ocluídos.  

Área

Pesquisa Básica

Instituições

UNIVERSIDADE BRASIL - Sao Paulo - Brasil

Autores

GUILHERME RUIZ POLATTO, Natasha Ohana Marinho Rosa, João Gabriel Goulart Zanon, Amanda Oliva Spaziani, Dieison Pedro Tomaz da Silva, Raissa Silva Frota, Talita Costa Barbosa, Giovana Bunder Pelissari, Larissa Santos Fogaça