XVII Congresso Brasileiro de Aterosclerose

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

Pacientes com diabetes mellitus e tabagistas apresentam modulações distintas na resposta humoral à fragmentos peptídicos derivados da apolipoproteína B

Resumo

Introdução: Pacientes com diabetes possuem maior chance de apresentarem desfechos cardiovasculares precoces comparados àqueles que não possuem diabetes. O hábito do tabagismo também possui grande contribuição a estes desfechos, contudo a avaliação destas duas condições somadas, na modulação humoral à auto fragmentos aterogênicos não foi avaliada até o momento.

Métodos: Estudo caso-controle, entre tabagistas e não tabagistas de ambos os sexos, com inclusão aleatória de sujeitos e com presença de diabetes tipo 2. Foram realizadas análises do soro dos pacientes para avaliação da concentração de lipoproteínas circulantes, triglicérides, glicose e proteína C reativa. A resposta humoral foi avaliada pelos títulos de autoanticorpos IgG e IgM anti-ApoB-D pela técnica de ELISA. Foram utilizados questionários próprios para avaliação da resposta autorreferida para uso de fumo. Foram adotados significância quando p<0,05.

Resultados: Foram selecionados para este estudo 298 pacientes apresentando diabetes tipo 2 de ambos os sexos. A idade média da população estudo foi de 60 (±3,8) anos e tempo médio de tratamento hipoglicemiante de 8,1 (0,42) anos, sendo 121 homens (40,6%). O uso de fumígeros foi relatado por 89(30%) pacientes. As análises revelaram que pacientes em uso de fumígeros apresentaram valores reduzidos de HDL-c (p=0,01) e elevados de triglicerídeos (p=0,002) comparados aos não fumantes. Pacientes com uso de fumígeros apresentaram maior resposta humoral por IgM anti-ApoB-D (p=0,038) e por IgG anti-ApoB-D (p=0,031) comparados aos pacientes não fumantes. A proteína C reativa não apresentou diferenças entre os grupos (p=0,352).

Conclusão: O tabagismo está relacionado com a modulação da resposta imune humoral, e esta, pode ser um dos fatores associados aos maiores riscos de eventos cardiovasculares em indivíduos fumantes e com diabetes.

Área

Pesquisa Clínica

Instituições

ICB - USP - Instituto de Ciências Biomédicas - Sao Paulo - Brasil, UNIFESP - Univers. Federal de São Paulo - Sao Paulo - Brasil

Autores

ESTEFERSON FERNANDES RODRIGUES, Viviane R. Sant’ Anna, Isabel Pisa, Hugo R. Fonseca, Maria C. Izar, Francisco A. Fonseca, Henrique T. Bianco, Magnus Gidlund, Henrique A. Fonseca